Telefone: (51) 3286-1800

Redes Sociais:

OABprev-RS
Notícias
Fique por dentro de nossas novidades

Categorias

Buscar

  • Postado em: 09/04/2015 - sem-categoria

    Compartilhar
    Compartilhar Compartilhar

    Veja os cuidados ao declarar a previdência privada no Imposto de Renda

    Os contribuintes que possuem algum tipo de plano de previdência privada devem ficar atentos ao tipo de dedução que tem direito na declaração do IR (Imposto de Renda). Apenas os planos FAPI (Fundo de Aposentadoria Programada Individual) ou PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) podem ser utilizados para deduzir os planos de previdenciários.

     

    O limite de dedução nesses casos é de 12% do rendimento tributável incluído na base de cálculo do imposto sobre a renda na declaração. O programa de preenchimento da declaração já faz esses cálculos. O contribuinte precisa apenas incluir as informações do PGBL seguindo o informe de rendimentos enviado pelo banco em que tem o plano.

     

    Já os contribuintes que possuem o VGBL (Vida Gerador de Beneficio Livre), plano de seguro de vida com cláusula de cobertura por sobrevivência, o valor das contribuições não são dedutíveis na Declaração de Ajuste Anual.

    A tributação ocorre na diferença entre o valor recebido e o valor aplicado apenas quando o cliente recebe o plano. Neste caso, é adotado o regime de tributação, conforme a opção do contribuinte.


    VOLTAR
  • Saiba mais
  • 11/03/2021 - OABPrev-RS celebra o Dia da Mulher com evento sobre planejamento de carreira e finanças
  • 06/05/2020 - Mesmo com flexibilização, OABPrev-RS entrega todas as suas obrigações legais no prazo previamente estipulado
  • 29/08/2019 - Educação financeira deve começar na infância
  • 23/08/2019 - Com quem você vai contar na velhice?
  • 17/07/2019 - Planeje e realize suas grandes metas