Telefone: (51) 3286-1800

Redes Sociais:

OABprev-RS
Notícias
Fique por dentro de nossas novidades

Categorias

Buscar

  • Postado em: 12/03/2015 - sem-categoria

    Compartilhar
    Compartilhar Compartilhar

    Declaração do Imposto de Renda vai até 30 de abril

    Desde 02 de março, já é possível declarar ao governo o Imposto de Renda. O contribuinte que recebeu em 2014 rendimentos tributáveis (como salário) superiores a R$ 26.816,55 ou rendimentos isentos, em que a soma seja superior a R$ 40.000,00,é obrigado a informar o total obtido e o Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) durante o período. O valor pago varia conforme com a renda individual.

     

    Veja como proceder:

     

    1. A Declaração pode ser feita pelo modelo completo ou o simplificado:

     

    –       Simplificado: as despesas do contribuinte estão limitadas a R$15.880,89 e há desconto automático de 20% sobre os rendimentos tributáveis.

    –       Completo: É necessário declarar e comprovar as despesas anuais com dependentes, gastos com saúde e educação, entre outros.

    2.     O preenchimento da declaração deve ser feito com base nos dados informados nos comprovantes de rendimentos. O informe de rendimento da sua empresa deve conter o total de rendimentos recebidos e IRRF.

    3.     Quanto mais cedo o contribuinte enviar sua declaração, mais cedo receberá a restituição.

    Dedução

     

    Para pagar menos impostos, na hora de calcular, não esqueça que o participante do OABPrev-RS tem a possibilidade de dedução das contribuições, limitado a 12% da renda bruta anual, se ocorrer no modelo completo e o participante contribua para o Regime Geral de Previdência.

    1.


    VOLTAR
  • Saiba mais
  • 06/05/2020 - Mesmo com flexibilização, OABPrev-RS entrega todas as suas obrigações legais no prazo previamente estipulado
  • 29/08/2019 - Educação financeira deve começar na infância
  • 23/08/2019 - Com quem você vai contar na velhice?
  • 17/07/2019 - Planeje e realize suas grandes metas
  • 28/06/2019 - Reajuste anual entrará em vigor no dia 01 de julho